Receba todas as novidades no seu e-mail!

Mundo da lua


Em uma 8ª série agitada
Havia uma situação inusitada.
Em um outro mundo estará
O aluno que do lado da janela sentava.
O menino de nome Rafael,
Tinha seus olhos sempre voltados para o céu.
Com seu pensamento sempre distante
Conseguia perder a atenção num instante.
Em seu próprio mundo estava
Enquanto o tempo passava.
Durante a prova preferia rabiscava em seu caderno escondido
De maneira que a professora não ouvia um ruído.
Na sala a hora passava
Enquanto Rafael apenas desenhava.
Na matéria pouco prestava atenção
Mas isso tampouco era sua intenção.
Seu passatempo favorito era desenhar,
Entretanto seus pais queriam que outro caminho fosse trilhar.
Com esse tipo de coisa ele se frustrava
Pois argumentar com eles de nada adiantava.
Seus cachos castanhos o garoto enrolava
Enquanto seus colegas falavam com ele, mas pouco escutava.
Em seu próprio universo o garoto residia
Mas disso o resto da turma suspeitava, não verdadeiramente sabia
De tanto jogar videogame, muita imaginação possuía
E em sua fantasia uma grande armadura vestia.
Nas aulas de arte era o primeiro a chegar
Pois ali se sentia com mais liberdade para sonhar.
Sua mente em longos devaneios vagava
E nesse tempo por vários mundos o menino transitava.
O jovem também gostava muito de história,
Pois também de seus sonhos aumentava a trajetória.
Tinha poucos amigos e era bem introvertido
E por viver em seu próprio mundo por seus pais já havia sido advertido.
Vivendo sempre no mundo da lua
Seguia o menino enquanto a professora continuava chamando sua atenção sem parar como uma catatua.